Quinta, Setembro 21, 2017
   
Text Size

Pesquise no Portal Islam BR

Eid al Adha (Festa do Sacrifício)

Notícias - Islâmicas

eid adha

 

Eid al Adha (Festa do Sacrifício).

 

 

 

 

 

Não poderíamos iniciar senão dizendo: “Allahu akbar, Allahu akbar, Allahu akbar. La ilaha ila Allah, Allahu akbar, Allahu akbar wa lilahi al hamd”.

O Eid al Adha é o Eid maior para os muçulmanos, o Eid do Hajj (da peregrinação a Makkah). Mas porque este  Eid se chama Eid al Adha (Festa do Sacrifício)?

Chama-se Eid al Adha porque relembra a história do Profeta Abraão (عليه السلام) e seu filho Ismael (عليه السلام) que são um verdadeiro exemplo para os muçulmanos, um verdadeiro exemplo de submissão total a Deus. O Profeta Abraão (عليه السلام) teve uma inspiração em sonho que deveria sacrificar seu amado filho Ismael (عليه السلام) pela causa de Deus. Mesmo isso lhe sendo extremamente dificultoso, Abraão (que a Paz esteja sobre ele) não exitou em obedecer às ordens do seu Senhor, pois era verdadeiramente submisso ao Conhecedor do oculto e do manifesto.

Disse imediatamente: “Eis-me aqui Oh Deus, eis-me aqui e não há divindade além de Ti, os louvores, as graças e a Soberania pertencem a Ti, e não há parceiros junto a Ti”.

Disse Deus no Alcorão com relação ao Profeta Abraão (عليه السلام): “E quando o seu Senhor lhe disse: Submete-te a Mim! respondeu: Eis que me submeto ao Senhor do Universo!.” {Alcorão 2:131}

“Deus elegeu Abraão por fiel amigo.” {Alcorão 4:125}

“Abraão jamais foi judeu ou cristão; foi, outrossim, monoteísta, muçulmano, e nunca se contou entre os idólatras.” {Alcorão 3:67)

Então Abraão (عليه السلام) foi até seu filho Ismael (عليه السلام) e disse-lhe sobre o sonho. Então Ismael (que a Paz esteja sobre ele), mesmo sendo jovem, era também um exemplo de submissão a Deus, então respondeu: “Oh meu pai faça o que te foi ordenado, me encontrarás insha Allah entre os pacientes”.

Então quando ambos haviam se submetido, Abraão (عليه السلام) afiou a faca e colocou no pescoço de seu amado filho Ismael (عليه السلام), mas a faca não fazia sequer um arranhão no pescoço de Ismael (que a Paz esteja sobre ele). Neste momento, Deus enviou o anjo Gabriel (عليه السلام) com as boas novas dizendo-lhe que substituísse Ismael (que a Paz esteja sobre ele) por um cordeiro que deveria ser sacrificado em nome de Deus.

“Certamente que esta foi a verdadeira prova. E o resgatamos com outro sacrifício importante. E o fizemos (Abraão) passar para a posteridade. Que a paz esteja com Abraão.” {Alcorão 37:106 -109}

Portanto, nós muçulmanos seguimos o exemplo do Profeta Abraão (عليه السلام), o Patriarca dos Profetas, sendo obrigatório a toda família muçulmana oferecer um sacrifício, relembrando o verdadeiro significado do Islam (Submissão total a Deus) e também para refletirmos se realmente temos sido verdadeiramente muçulmanos, submissos a Deus, ou se temos deixado de acatar Suas ordens . Por esse motivo é chamado Eid al Adha (Festa do Sacrifício), o Eid que nos lembra o que é ser muçulmano, Abraão (عليه السلام) ficou de exemplo para todos nós até o Dia do Juízo.

Disse Deus: “Dize: Deus diz a verdade. Segui, pois, a religião de Abraão, o monoteísta, que jamais se contou entre os idólatras.” {Alcorão 3:95}

Além disso, o Hajj é uma recordação disso, pois remonta a história do Profeta Abraão (عليه السلام) que juntamente com seu filho Ismael (عليه السلام) que levantou os alicerces da Kaaba, a Casa Sagrada. E mais tarde da descendência de Ismael (عليه السلام) veio o último Mensageiro de Deus, Muhammad (). Deus disse no Alcorão: “E quando Abraão e Ismael levantaram os alicerces da Casa, exclamaram: Ó Senhor nosso, aceita-a de nós pois Tu és Oniouvinte, Sapientíssimo.” {Alcorão 2:127}

Após a construção da Kaabah, Abraão (que a Paz esteja sobre ele) no meio do deserto fez um importante chamado, um chamado que chegou aos ouvidos de milhares e milhares de muçulmanos.

Deus disse: “E proclama a peregrinação às pessoas; elas virão a ti a pé, e montando toda espécie de camelos, de todo longínquo lugar.” {Alcorão 22:27}

Hoje, graças a esse chamado, milhões de pessoas de todos os lugares do mundo vão até Makkah, neste mês sagrado de Dhul Hijjah, para realizar os rituais do Hajj, repetindo as palavras de Abraão:

 

(Labaika Allahuma labaik, Labaika la sharika laka labaik inna Al Hamda wa na’mata laka wal Mulk la sharika lak)
“Eis-me aqui Oh Deus, eis-me aqui e não há divindade além de Ti, os louvores, as graças e a Soberania pertencem a Ti, e não há parceiros junto a Ti”

 

Depois de termos visto o sentido do Eid al Adha, o que um muçulmano deve fazer no dia do Eid e qual deve ser a sua conduta conforme a Sunnah do Profeta Muhamad (): 

1º) Antes de sair para a oração de Eid é aconselhável que o muçulmano faça o ghusl, ou seja, tome um banho completo. É relatado em diversos ahadith que o Profeta () bem como os sahaba (Companheiros) costumavam fazer o ghusl antes de ir para a oração de Eid.

2º) No Eid al Adha diferentemente do Eid al Fitr (encerramento do Ramadan) é aconselhável que o muçulmano vá para a oração em jejum, e após a oração quebre o jejum de preferência comendo do animal sacrificado.

3º) O muçulmano deve vestir as melhores roupas que ele tiver no dia do Eid. O Profeta Muhamad () e os sahabah costumavam adornarem-se para o Eid. Quanto as mulheres devem tomar cuidado para que suas roupas não sejam chamativas, mas sim com roupas discretas que não chamem atenção dos homens, além disso não devem usar perfume nem maquiagem pois elas estarão saindo com a finalidade de adoração.

4º) O Takbir (o engradecimento de Deus). Essa é a sunnah mais importante no Dia do Eid. É aconselhável que se faça o takbir durante toda a trajetória até o local de oração. Lembrem-se que esse takbir deve ser feito até o último dia de tashriq, ou seja, dia 13 de Dhul Hijjah. Como é feito esse takbir? Da seguinte forma, dizendo:

“Allahu akbar, Allahu akbar, Allahu akbar, la ilaha ila Allah, Allahu akbar, Allahu akbar wa lillahi al Hamd” (Deus é Maior, Deus é Maior, Deus é Maior, não há divindade além de Deus, Deus é Maior, Deus é Maior e para Deus são os louvores).

5º) Todo o muçulmano deve ir para a oração de Eid. Existe divergência dos sábios quanto a obrigatoriedade individual da Oração do Eid, mas grande parte dos Sábios entendem que é uma prescrição obrigatória a todos os muçulmanos, fundamentando com o hadith sahih do Profeta () onde ele ordena a todos irem à oração de Eid, inclusive as mulheres e crianças, até mesmo as mulheres que estiverem menstruadas, mas nesse caso não deverão ficar no local da oração, mas em algum lugar separado.

6º) A Oração de Eid pode ser realizada fora da mesquita, ou seja, em outro lugar mais espaçoso onde todos muçulmanos possam assistir a oração, mas não há problema da oração do Eid ser feita na mesquita, pois uma vez o Profeta () fez a oração de Eid na mesquita. A questão é: Se a oração de Eid for feita fora da mesquita não há necessidade de se rezar 2 rakaas de Tahiyatul al Masjid (Cumprimento da Mesquita) basta chegar sentar e fazer o takbir, pois nem o Profeta nem os sahaba fizeram. Mas se a oração for na mesquita, deve-se fazer 2 rakaas de Tahyatul Masjid devido ao hadith do Profeta Muhammad () onde ele disse: “Quando qualquer um de vocês entrar na mesquita que não se sente antes de oferecer 2 rakaas”.

7º) Após a oração é aconselhável que os muçulmanos se cumprimentem e se felicitem. As pessoas costumam se cumprimentar dizendo: “Eid Mubarak” ou “Kul ‘am wa antum bi khair”, e nenhum deles estão errado. Mas o melhor cumprimento a ser usado é mesmo que era utilizado pelos sahabas que é dizer: “Taqabal Allah mina wa minkom” (Que Deus aceite as nossas e as vossas boas ações). Jubair ibn Nufair (رضي الله عنه) disse: “Quando os companheiros do Profeta (que a paz e as bênçãos de Deus estejam sobre ele) encontravam-se no dia de Eid diziam um ao outro: Taqabal Allah mina wa minkom

8º) E por último, é sunnah ir à oração de Eid por um caminho e voltar por outro, pois o Profeta (que a paz e as bênçãos de Deus estejam sobre ele) costumava fazer isso. Foi dito que a razão disso é que no Dia do Juízo os dois caminhos testemunharão a favor dos muçulmanos que passaram por eles para ir à Oração de Eid.

Portanto irmãos, vamos nos esforçar por seguir a Sunnah do nosso amado Mensageiro (), não só no Eid ou em ocasiões especiais, mas em todos os momentos das nossas vidas, pois Deus disse no Alcorão: “Realmente, tendes no Mensageiro de Deus um excelente exemplo para aqueles que esperam contemplar Deus, deparar-se com o Dia do Juízo Final, e invocam Deus frequentemente.”

Que Deus aceite nosso Hajj e o nosso esforço, e tenha insha Allah nos escrito dentre os salvos do fogo do inferno e dentre o Povo do Paraíso.

 

Facebook

Twitter

Google Plus

YouTube

LinkedId

Banner
Banner
Banner

Traducir Translate يترجم

English Arabic French German Hindi Italian Japanese Russian Spanish