Domingo, Maio 28, 2017
   
Text Size

Pesquise no Portal Islam BR

PM prende muçulmanos de Vilhena-RO durante a oração

Notícias - Você Repórter Notícias

Na noite de sexta-feira, 09 de julho, muçulmanos vilhenenses que faziam orações na sede da Sociedade Pelestina foram presos, acusados de invadir o imóvel onde funciona a entidade, instalada na rua Nélida Silva Shurtz, próximo ao Centro de Treinamento da Prefeitura. A ação da polícia, que estava com um Mandado de Reintegração de Posse, foi motivada pela queixa de um ex-membro da instituição, interessado em vender o imóvel, que foi doado pela Prefeitura. O documento, no entanto, é o mesmo que havia sido emitido para retirar do local, há duas semanas, o filho de um outro associado, que morava ali.

A ação da polícia, segundo um dos religiosos, descambou para a truculência quando um jovem que fazia parte do grupo pediu para que os PMs esperassem o fim das orações. Ouve bate-boca e, além do rapaz, também foi levado para prestar esclarecimentos o Sheik (líder espiritual) egípcio que comandava a cerimônia. O religioso, aliás, lembrou que mesmo os judeus, com os quais os muçulmanos vivem em conflito no Oriente Médio, esperam o fim das orações para realizar prisões.

As cinco pessoas que faziam as preces foram levadas para DPC, sendo dois deles algemados. O caso pode ganhar repercussão internacional, pois o episódio já foi relatado ao Consulado Palestino em São Paulo. Um dos membros da entidade diz que a origem das divergências entre os muçulmanos locais, que usam o local como uma “Mesquita”, seria o desejo de dois associados de vender o imóvel. “Mas a lei não permite a transação, porque a doação da Prefeitura foi feita à Sociedade Palestina”, diz um comerciante de origem árabe, que teve dois de seus irmãos presos na ação policial.

Fonte: Jornal Folha do Sul


--------------------------------------------------------------------------------

Esse fato é lamentável e mostra a realidade da polícia militar de Rondônia...

Mostrando total falta de respeito e despreparo, uma ação totalmente ilegal! Há duas semanas o mandado foi executado contra a pessoa que ali morava, na presença de um oficial de justiça. Depois, um advogado mequetrefi imprime do site do TJ-RO um papel e leva para meia duzia de pms que nem sequer leram o papel (será que sabem ler?) porque estava escrito que era para retirar do local um cidadão chamado Salin, e não quem estava orando.

Bateram e algemaram pessoas que estavam orando, nem sequer deixaram terminar a oração. Isso é uma vergonha, tamanha ignorancia dos policiais, se é que podem ser chamados de policiais, porque agindo dessa forma são piores que animais selvagens. E é na mão deles que temos que confiar a nossa segurança. Estamos perdidos minha gente!

Isso ja ganhou repercursao internacional.... POLICIA E PARA PRENDER BANDIDO !!!! NAO PESSOAS DE BEM!!!! ISSO E UMA VERGONHA PARA NOSSA CIDADE!

Fernanda Rafaela - Vilhena - RO

Facebook

Twitter

Google Plus

YouTube

LinkedId

Banner
Banner
Banner

Traducir Translate يترجم

English Arabic French German Hindi Italian Japanese Russian Spanish